6 de janeiro de 2014

Marantz NA11-S1: super-premiado, super-high end

O leitor de áudio de rede premium Marantz NA-11S1 constitui uma oportunidade fantástica de satisfazer os mais exigentes clientes audiófilos à medida que estes abandonam os suportes físicos.
O que sucedeu no mercado mainstream, que desde há muito aceitou a música em ficheiros digitais como um facto da vida, chegou agora ao high end:  a música está a deixar definitivamente os suportes físicos para ficar alojada em discos rígidos, computadores ou até mesmo serviços online via Internet.
Contudo, enquanto o mundo da alta-fidelidade se encontra repleto de leitores de CD, SACD e Blu-ray de grande qualidade, o mesmo não acontece no setor do streaming digital de música. E é aqui que o leitor de música em rede Marantz NA-11S1, eleito melhor “Digital Audio Player” de 2013/2014 pela EISA, vem preencher um importante nicho.

Marantz Musical Mastering

Este é provavelmente o mais avançado leitor de próxima geração jamais produzido. A sua introdução na Premium Collection da Marantz constitui uma ocasião transcendente para qualquer audiófilo digno do seu nome.
Porquê? Porque pela primeira vez é agora possível disfrutar dos novos conteúdos digitais ao mais alto nível, utilizando ficheiros e downloads de música em alta resolução para recriar qualidade “masters de estúdio” diretamente na nossa sala.
O Marantz NA-11S1, distribuído em Portugal pela Infinite Connections, inclui tecnologia digital de próxima geração – incluindo o conversor digital/analógico high current audiófilo Burr-Brown DSD1792<!--[if !supportFootnotes]--> bem como o processador digital de sinais e filtro digital Marantz PEC777 – um algoritmo high end até agora usado apenas em estúdios de gravação profissionais, um tipo de filtro que retém um maior detalhe para um ainda maior palco sonoro e um equilíbrio perfeito na reprodução da música. A este conjunto de tecnologias a marca designa de Marantz Musical Mastering.
Os seus circuitos analógicos incluem os lendários módulos Marantz HDAM®-SA2 e HDAM® ao mesmo tempo que o enorme transformador toroidal blindado assegura que há sempre potência disponível no preciso momento em que ela é necessária.
O rígido chassis revestido a cobre com uma cobertura de alumínio sólido de 5 mm de espessura minimiza as vibrações e interferências.
Igualmente importante, filtros digitais selecionáveis permitem afinar o som de acordo com as preferências do utilizador. A porta USB-B funciona em modo assíncrono e suporta não apenas ficheiros até 192kHz/24bits mas também streams DSD [SuperAudio CD] de 2,8 MHz e 5,6MHz para uma maior versatilidade.
O resultado? Um equipamento que permite a reprodução de praticamente qualquer tipo de ficheiro e de formato digital HD, como FLAC HD 192/24 e WAV 192/24, Internet Radio e serviços de streaming de música – incluindo Last.fm e Spotify. Tudo isto pode suportado via Internet, através de rede local cablada (Ethernet) ou sem fios (Wi-Fi) e com compatibilidade Apple AirPlay e DLNA 1.5.
O Marantz NA-11S1 é um equipamento que pela primeira vez reúne as vantagens dos formatos digitais com os elevados requisitos de qualidade de reprodução dos mais exigentes audiófilos habituados ao áudio high end.
Super premiado
Além do já referido prémio EISA para o melhor leitor de áudio digital do ano, o Marantz NA-11S1 tem arrecadado ao longo do ano inúmeros prémios e distinções (pode encontrar no PDF anexo uma lista de algumas das principais).
Entre os galardões já recebidos, salientamos:
• Prémio EISA 2013/2014 para Melhor Leitor de Áudio Digital
• “Diapason d’or” da revista audiófila francesa Diapason (novembro de 2013)
• “Highly Commended”, revista britânica HiFi News
• “Recomendado” (Empfehlung) pela revista alemã Audio
• “Recommended”, pela revista americana Stereophile

O Marantz NA-11S1 está disponível em Portugal com um PVP sugerido de 4.299 euros.