3 de julho de 2012

KEF LS50: a derradeira experiência de estúdio… em casa

KEF LS50

A sala onde ouvimos música em casa e o estúdio de gravação têm muitas diferenças mas possuem também traços comuns. Por exemplo, quer o engenheiro de som quer o audiófilo doméstico têm como objetivo ouvir a música de forma tão semelhante quanto possível à forma como foi gravada originalmente. E tanto no estúdio de gravação como na sala de estar das nossas casas o espaço é limitado, pelo que há sempre uma luta para encontrar um compromisso no tamanho das colunas – entre o ideal e o possível.

O fabricante de colunas britânico KEF, que em 2011 cumpriu meio século de existência, sabe bem como é difícil – mas possível – conciliar os compromissos entre o tamanho das colunas e a forma como estas são capazes de reproduzir o som. Até porque nem sempre maior é melhor, tal como a empresa provou há mais de 40 anos quando se associou à BBC para criar aquela que é provavelmente a mais emblemática coluna monitora de sempre, a LS3/5A.

Agora, a KEF apresenta as LS50 (“LS” em honra às colunas criadas para a BBC; “50” em referência ao aniversário da KEF), que reivindicam a pretensão trazer para a casa de todos nós a qualidade de som da monitorização de estúdio.

Uma lenda renascida

Se a inspiração para criar as LS50 radica nas LS3/5A criadas há mais de 40 anos, a tecnologia usada pela KEF nesta sua nova criação é 100% contemporânea, usando complexos modelos informáticos 3D, dinâmica de fluídos e tecnologias proprietárias que foram usadas pela primeira vez no projeto KEF Blade, que é atualmente o pináculo do know-how KEF.

A invulgar forma ligeiramente curva da caixa das KEF LS50 e o seu novo travamento interno (constrained layer damping) permite suprimir ressonâncias com o potencial de coloração e distorção do som, ao mesmo tempo que um inovador pórtico elíptico flexível resolve os problemas de ruído associados a este tipo de soluções em colunas de pequeno porte.

 

clip_image002

O resultado é algo que parecia até agora impossível: um som “em grande”, com um palco estéreo alargado, que tipicamente apenas se encontram em colunas muito maiores, numa caixa que mede apenas 30,2 x 20 x 27,8cm (A x L x P).

A irrepreensível qualidade de reprodução do som é assegurada por um altifalante cujo cone é produzido em liga de alumínio e magnésio, usado pelas suas propriedades de rigidez e leveza. O tweeter Uni-Q encontra-se montado de forma concêntrica à unidade principal e possui uma guia de onda em forma de tangerina (tangerine wave guide) que oferece uma maior dispersão do som e evita a criação de um sweet spot de audição demasiado estreito.

Em ambos os casos trata-se de tecnologias KEF que foram refinadas ao longo dos anos e cuja última iteração pode ser encontrada apenas nas Blade e nestas novas mini-monitoras LS50.

A KEF é distribuída em exclusivo em Portugal pela Infinite Connections, que irá disponibilizar as LS50 já durante o mês de Julho por um preço aproximado de €999 (par).

Para saber mais sobre as KEF LS50

Informação no site da KEF:
www.kef.com/html/en/showroom/flagship_hi-fi_series/LS50/overview/
Vídeo: http://youtu.be/MEqh1EqD7U0
Brochura: www.kef.com/uploads/files/en/LS50/LS50_brochure_EN_preview_230412.pdf
Folha informativa: www.kef.com/uploads/files/en/LS50/LS50_product_informaton_Sheet_Outline.pdf
Manual: www.kef.com/uploads/files/en/LS50/LS50_Manual_preview_250412.pdf